quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Breakdown: Por Ryan Zamperlini


Amigos,
Estamos abrindo hoje um novo quadro no Ká Entre Nós. FALANDO SÉRIO. Nesse quadro que terá uma postagem mensal. Teremos sempre um convidado desenvolvendo um tema específico. E abrindo esse quadro temos o imenso prazer de apresentar o Ryan Zamperlini. Nosso amigo e um dos primeiros seguidores e leitor do Blog. É pra gente um prazer postar aqui a opinião dele num assunto polêmico como [RazãoXEmoção]. Mas ele mandou super bem no texto. Confira e comente. O Espaço é seu também pra discordar, acrescentar, corrigir ou endossar. E quem sabe para a próxima postagem desse quadro você seja o convidado!
O Ryan nos enviou duas fotos. A primeira, faz jus à sua futura profissão. Pra quem não sabe o Ryan é estudante de direito. Sendo assim ele tem no mínimo muita bala na agulha pra defender seu ponto de vista.
Aqui mais uma foto, agora sim, mais largado, pensando, sonhando, voando... o que estaria passando nessa cabecinha? Estaria ele preso a razão, a qual nos encerra em nossos medos ou largado à flor das emoções e aberto as aventuras da vida? Bem Isso só ele poderia nos responder.
Bom como o post é dele. Segue agora na íntegra o seu texto. Alessandro D. [Alê].
__________________________________________
Antes de tudo, quero agradecer aos amigos Jason e Alê por me convidarem para escrever neste novo quadro do Ká entre Nós! Não sou e nem quero ser o dono da razão, mas apesar de novo, vivi o suficiente para falar com propriedade sobre um tema muito polêmico e particular: Razão x Emoção! Talvez esse não seja o momento mais apropriado para escrever este texto porque estou com meus pensamentos totalmente conflituosos. Mas pensando por outro lado, será bem irreverente falar sobre este tema neste momento inusitado da minha vida! Vou ser controverso, vou me contradizer e vou fingir que nada aconteceu. Sabe por quê?! Porque estou apaixonado e quase esqueci os princípios da razão voluntariamente, conscientemente! Mas quais são os princípios da razão? O que será que move o homem ao calculísmo, a perspicácia, o querer se manter inatingível, sóbrio, intacto no plano metafísico?! O que move o homem a buscar razão naquilo que vive? E quando falo isso, me remeto tão somente aos relacionamentos amorosos. A razão não passa de um suntuoso escudo onde nos escondemos de todos a nossa volta. Utilizamos da razão como um remédio para a alma. A razão nos acalma e nos faz enxergar aquilo que está escondido, oculto. A razão nos torna maduros? A Razão nos torna velhos. Velhos sábios, mas velhos. A Razão nos dá um equilíbrio tão forte que nos amarra e nos tira a coragem que só um jovem possui! Aprendemos a usar da razão quando alguém machuca nosso coração, fere nossa emoção. Então você vira pra mim e diz: Ryan, você está dizendo que a razão só existe por causa da emoção? Respondo que sim. Essa razoabilidade toda, não passa de um medinho fajuto e sem vergonha de viver intensamente aquilo que a vida lhe proporciona. Usar da Razão é tão somente ser egoísta e possessivo num ato altruísta, do qual eu mesmo participo. Quando descobrimos algo bom, gostoso de viver, não queremos perder. Então começamos a ser racionais, começamos a pensar demais, começamos a complicar aquilo que é simples. Colocamos entraves, imaginamos coisas, destruímos nosso estado de espírito pleno. A emoção não mede forças nunca! Quando ela chega, arrasa com qualquer pessoa que não sabe utilizar da razão o suficiente para não cair de quatro apaixonadinho. A emoção torna tudo mais bonito, te cega, te faz feliz. Os momentos mais bonitos da sua vida foram aquele em que você não sabia o que era razão... Porque será que ninguém esquece o primeiro amor? Você não sabia o que era razão! Você viveu intensamente de corpo, alma e espírito. As emoções não gostam de correntes mas sim de liberdade, liberdade suficiente para ir onde quiser. Por mais perigoso que seja, ainda hoje prefiro ser corajoso o suficiente para deixar minhas emoções sem armaduras em tempos de guerra. Caso morra, morrerei feliz lembrando não só de um primeiro amor... Mas de amores suficientes para me deixar satisfeito.
Razão e emoção são a mesma coisa! Uma serve para o corpo, a outra para a alma.
A escolha é sua! Ser coisa, ser espírito ou ser algo espiritualizado!

Com razão ou emoção, deixo aqui a minha opinião.
Ryan Zamperlini
E aí gostaram do ponto de vista do Ryan? Então fala!
Eu e o Jay agradecemos a vc Ryan por sua participação aqui no Blog. Você sabe que é querido por nós. Tem nossa gratidão e amizade.
Enfim amigos estamos contando com o apoio de vocês para o dia 30/10. Sua participação vai fazer a diferença.
Bju nosso.
Alê







19 comentários:

Cibelle disse...

Adorei o texto do Ryan! Concordo com ele que a razão e a emoção andam juntas, diria que a razão é a irmã chata e mais velha, rsrsr... Muito melhor viver de emoção!!!
Beijos...

Três Egos disse...

Olá! Também curti muito o ponto de vista do Ryan, nunca tinha pensando que a razão pudesse ser uma resposta à emoção, interessante pensar por este lado.

Abraço, parabéns ao novo quadro!

Apolo

Fhelipe disse...

Li o texto e realmente concordo a razao e a que mais da trabalho ela pensa calcula analisa para olha vo nao vo ela que enrosca tudo ela que faz parar e a emocao nao voce vibra ,sente,chora,ama eu vivo sempre de emocao mesmo que no final a dor chegue a emocao e vista na cara como felicidade e a razao geralmente vem como preocupacao ou duvida
abracos

O Iluminado disse...

Que maneiro...
Concordo com o ponto de vista dele...argumentou muito bem ( tá na carreira certa! rs)

realmente sem as nossas emoções não haveria a razão!
bjus...

Liciane disse...

Adorei o texto!!
A razão quase sempre nos impede de correr riscos e o bom da vida é correr riscos, se não, que graça teria?!
Eu sou toda emoção!!

Adorei as fotos!!
O Ryan é bonito hein gente!!

Beijos queridos!!!

Dil Santos disse...

Oi meninos, como estão?
Ótimo tema, inclusive já fiz uma postagem a respeito.
Temos que sabe equilibrar para viver em harmonia, pois sem um ñ existe o outro.
Bjim pro c's
:)

FOXX disse...

é realmente possivel separar um do outro? razão e emoção?

Paulo Braccini disse...

Muito bom o texto do Ryan ... razão e emoção são duas dimensões indissociáveis do SER ... o que nos cabe é mantê-las em equilíbrio e em harmonia ...

bjux

;-)

Gato de Cheshire disse...

Mas ele é um negocio, né???? Gato desse jeito, inteligente.. Ahhh um desse aki em casa eu quebrava tudo.. hauahauahauaa...
Só fui ler seu comentario hj jayzito, ai vai o link q pediu...
Bjkas

Dia 30/10/2009 é DIA VERDE na blogsfera saiba mais:

http://img43.imageshack.us/img43/8733/diaverde1.jpg

(cole o link no seu navegador)

Eric R. disse...

Olá rapazes :D
Bom não vou expressar aqui se concondo ou não com a opinião do Ryan, creio que razão e emoção estão diretamente ligados,como ele citou no final do texto, pois ambos são produzidos por um só órgão,o cérebro.
Séria muito complexo falar ,não apenas através da ciência ou meramente uma opinião humana sobre razão e emoção, por isso apenas gostaria de parabenizá-lo pela dificil tarefa de escrever e opinar sobre esse tema que muito é polêmico.

Vivo de razão e emoção, afinal todos temos os dois pra arriscar usando apenas um?!?!

Abração meus caros, parabéns,mais uma vez pelo belo blog e suas iniciativas.É muito bom "segui-los"

Bleeding Angel disse...

Sim, com ctza a razaum eh uma "defesa" contra os absurdos q cometemos por causa da emocaum.
Nada contra o pensamento de Ryan, acho q se ele acha q deve seguir as emocoes sem se ferir, eh mais q valido.
Eu, na altura do q estou vivendo, prefiro ser mais razaum, jah sofri dmais me deixando levar pela emocaum q, qse sempre, nos deixa meio inconsequentes.
Abracos

Cocada.g disse...

Incrível estar lendo isso aqui hj, logo porque semana passada vivi uma situação em que razão e emoção se separaram de mim e por algumas horas vivi um inferno emocional hehe! Mas quando religuei as duas pareceu tudo tão simples e claro que...me achei um burro no final das contas! É sim mesmo razão e emoção, se são ou não a mesma coisa eu não tenho total certeza, mas definitivamente não é bom separar elas!

Jay e Alê vou aderir com muito prazer a ideia da postagem coletiva no dia 30 e ja hj ou talvez amanhã vou fazer um post relacionado a isso convidando e incentivando todos a isso! Parabens pelos ideais!

abração!

Ludmilla disse...

Olha eu sei de uma coisa, o Ryan é ótimo, colocou sua idéia em formato maravilhoso, me fez entender um pouco da minha emoção que aliás épra mim muitas vezes o que me faz fazer coisas tolas, mais como não sou do tipo que me arrepende do que faz, sigo a risca a emoção, raramente sou razão. E além do mais sou a pura EMOÇAO em pessoa.

Caio Lima disse...

razão e emoção são duas coisas intimamente ligadas e que devem conviver em harmonia dentro de nós.

gostei do ponto de vista dele
e achei interessante tbm esse quadro, é legal pois dá pra td mudo interagir na net

=)

Daniel disse...

Eta que eu gostei deste Ryan. Ele está precisando de um faxineiro ou vou ter que matar alguém e precisar de um advogado para poder conhecer ele?
Bjs de Londres
Dan

Mitti disse...

Muito bacana o texto do Ryan. Ele escreve muito bem e descreveu bem o que é emoção e razão.

Não sei se concordo ou não, poiis estou em uma fase bem confusa onde nada se estabelece...nem a razão e nem a emoção oO

bjo pra vcs!

Ausência Instável disse...

Putss ...

Primeiro nosso amigo, é LINDO !!!
Rsrsrs ... depois de perder o folêgo, vamos lá !!!

Eu sempre achei que raqzão e a emoção, o consciente e o coração são duas partes que não se misturam em alguns termos, mas como o contéudo se trata de paixões e romances em questão. Em alguns casos, não queremos aceitar talvez por medo de se machucar depois, ou não é o que deve ser, isso é o que o consciente acaba pesando, agora referente a emoção, o coração ele só quer é amar, ter carinho, é inofensivo, não tem como julgar algo que estamos prestes a sentir, ou algo que ainda vamos, então por circustância do que pensamos, muitas vezes não deixamos apenas o coração agir, porque ele não age, ele só quer apenas se entregar e ficar quietinho e quentinho ao lado de quem se sente seguro. então, em algumas fases eles não andam juntas, porque uma vez queremos,e o coração diz que não ( talvez por estar frio) mas outras somos nós que achamos que devemos fazer "tal coisa", e o coração diz que sim ... Etão são algumas contradições que acabam sendo ulusiorias porque não tentarmos, ou mesmo pela ignorância.

Elas vivem instáveis, e em tudo, tem que haver tentativas das escolhas certas ou erradas.
É um tema de insegurança, mas sempre deve tentar uma vez, se for para sofrer só saberá na frente, se não. Então, que bom que tentou.
Fazer valer a pena, sempre dependeu de nós mesmo.

Obs: To amando as fases do Ká entre Nós.

Beijos, À todos.

Cain Sodom disse...

Aiai, mas é tão gatenho. Pena que já está de rolo. Rs.

Nem vou falar nada sobre a razão x emoção. Constantemente ambas são minha assombração

Rafael Lopes disse...

Muitoooo bom esse novo quadro.

Parabéns pessoas, sempre inovando.

Agora o texto do Ryan, muito bom. Um ponto de vista a se pensar.

Abraço