sábado, 12 de setembro de 2009

Infidelidade


Infidelidade, sinceramente eu não sei o que é isso, e digo a partir de minha experiência pessoal. Nunca fui infiel, como também nunca traí. Mas sei dos estragos que uma escapadela pode causar. As vezes o dano é irreversível. Já ouvi e presenciei estórias e estórias. E engraçado que as vezes a dor de um amigo doia em mim também. Nesse contexto acho que é uma dor insuportável. Uma dor pela qual eu espero não passar, mas as vezes penso que isso é quase inevitável. Mesmo eu acreditando que o Alê jamais faria isso, acredito que isso é de certa forma inevitável. E claro, eu também não estou imune. Será que isso pode ser considerado apenas uma fraqueza? Seria insegurança na atual relação? O que você acha?
E por que alguém traí? Será por curiosidade, pra experimentar uma aventura? Será por falta de algo na relação estável? Quando a gente ama de verdade a infidelidade tem perdão? Vale a pena dar uma segunda chance?


Tenho dito, fim de papo.


Jason Waider, o próprio

18 comentários:

Rafael Lopes disse...

Boa pergunta. Vai saber pq as pessoas gostam de trair.

abraço
bom sabado

Cocada.g disse...

Rapz essa é uma questão muito difícil para se responder... igualmente a você também nunca trai e nunca fui traído, visto que nunca namorei um cara... Mas falo por mim quando digo que se você ama a pessoa de verdade não tem justificativas em traí-la,,, se houver traição é porque existe alguma falta de alguma das partes... Quanto a perdoar traição eu penso q se fosse comigo eu até perdoaria uma vez. Se seu namorado te traiu e você perdoou o erro é foi só dele, mas se mesmo depois disso ele continuar te traindo e você perdoando ai o erro vai ser só seu!

abraços amigo!

Três Egos disse...

Pergunta difícil esta, na minha índole pessoal, acho infidelidade uma coisa muito cruel e indigna, imperdoável. Nunca fui infiel aos meus namorados, se for para ser assim é melhor não namorar, esta é a minha opinião. Também nunca fiquei sabendo que meus namorados me traíram. Mas já tive casos em que os caras com que me relacionei estavam traindo seu parceiros comigo. Acho isto muito errado da parte deles, mas foram duas pessoas que querendo ou não foram especiais na minha vida também. Eles têm os motivos deles, não acho compreensível e já falei isto para eles. Enfim, complicado...

Hermes

Dil Santos disse...

Oi meninos, como estão?
Então eu já fui traído, já fui alvo de infidelidade.
É péssimo realmente a sensação, mas eu superei, perdoei, mas ñ voltamos.
A confiança fica abalada e o histórico tbm conta né? rsrsrs
Eu ñ sou de trair, acho a fidelidade um ponto importantíssimo numa relação, mas somos humanos e estamos sujeitos aos mais variados sentimentos, desejos.
Acho que, quando acontece algo nesse seguimento, deve ser pq a relação pode ñ estar "boa das pernas", ter caído na rotina ou mesmo um deslize, coisas de momento.
Esse deslize, acontecendo apenas uma vez acho que pode ser perdoado, só ñ dá pra ficar deslizando sempre, rs.
Apareçam heim? rsrs
Se cuidem, tudo de bom.

Bjim
:)

Dil Santos disse...

Eu e meus jornais de comentários, kkkkkkkkkkkk

FOXX disse...

eu nunca namorei de fato
então tb nunca trai (é?)

Ademerson Novais disse...

Vejo que seus ultimos textos abordam temas curisos..e bastante complexos na sua essencia e vivencia....bem contar minhas experiencias aqui seria desfiar varias historias ate constragedoras para mim que não vem ao caso....mais a infidelidade em si implica varias coisas...quem ama e ama verdadeiramente por algum momento deseja alguma outra pessoa..não falo do desejo sexual...do desejo de estar com aquela pessoa pelo resto da vida...por que a fidelidade por si só já quer dizer ser uma pessoa fiel aquele que se ama...mais falo da infidelidade por pensamentos..por devaneios...que todos sim já passaram por algum momento...e que mesmo não tendo sido consumada foi sim uma infidelidade...quem nunca fez isso?...pensar desejar um outro alguem...nem que seja um famoso.....mais concordo que a infidelidade e traição traçam linhas completamente diferentes...

Bem acho que fui longo demais no meu comentario...mais adorei a abordagem do assunto...

Ademerson Novais de Andrade

Daniel Braga disse...

Adorei o post. Eu já trai, uma vez. Mas odeio infidelidade... acho que é como se estivéssemos traindo a nós mesmos =/

~Até a próxima. Passem no meu blog.

*DB*

Liciane disse...

Olá!!! Saudadeeee
Eu acredito que as pessoas traem porque alguma coisa não está boa no relacionamento... alguma coisa está faltando... paixão talvez...
Mas mesmo amando, eu não perdoaria, mesmo sofrendo muito...
Eu sei que o tempo pode apagar a dor, mas quem foi traído nunca esquece, e nunca mais será a mesma coisa...
Mas não devemos nos preocupar com isso, temos que confiar ou então não vivemos... Chances existem...
Grande beijo pra vcs!! e ótimo domingo!

Eric R. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eric R. disse...

Bom creio que ninguém esta imune a ser infiel ou traido,mas quando o amor é verdadeiro e reciproco não há espaços para traições,mas consequentemente há espaço para o ciume o que nos tras "olhos" de que estamos sendo traidos kkk.
Creio ainda que a traição corporal pode ser evitada, mas a "traição em pensamentos" , se assim podemos chamar já é realmente inevitável.
Mas quem ama de verdade não trai,pois por mais piegas que achem,quem trai quem ama ,trai a si mesmo e acaba enganado e machucado pelas proprias mãos.
Abraço meu caro :D

Diego Marques disse...

Jay, td bom? Vlw o comentário no meu blog... e sim ando sumido, mas é por causa da faculdade... espero poder ficar mais presente em breve...

Sobre traição cara é complicado, mas tipo já traí uma vez e tipo que ela me perdoou, porém eu não me sentia bem e terminamos. Soube depois que também havia sido traído foi muito estranha a sensação...

Eu posso te falar que só traí por oportunidade. Isso mesmo, quando a gente tah namorando parece coisa do Demo, mas chove pretendente em nossa horta e vc acaba cansando de dizer não a todo mundo.

E aí vc pensa: Ah ela nem vai ficar sabenndo mesmo q mal tem? E tipo num vou deixar de amá-la por isso...

Bom no fim das contas posso dizer q traição não compensa, pois a pessoa traida sofre muito e vc sofre mais depois, principalmente se não tiver o perdão...

Ludmilla disse...

Eu acho que sei o que é infidelidade, e acho que não se gabe somente a traição física, com outra pessoa, mais também no sentido de mentiras, de ilusões. Adorei o Blog, Beijos para os dois.

Ausência Instável disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ausência Instável disse...

Pow, gostei.
Infidelidade para mim, é desgasto de relação, quando não há aonde mais costurar as retalhas das calças ( hehehe ) o jeito acaba sendo procurar outros panos ... Mas é claro que é inevitável, e inaceitável.
No meu ponto de vista no qual o sentimento que foi guardado para "tal" pessoa, é igual a uma vida, não há outros meios que faça a confiança reviver. Porque ela se conquista apenas uma vez, não é como primeira impressao q vc tem de cara, mas sim, algo que vc conquista aos poucos.

Infidelidade pode haver perdão, mas por dentro, não será aceito.

Saudade MENINOS!!!!
Estou BEMMM !!!!!!!
Voltando os poucos para vcs.

Adoro vcs, BEIJOS.

Luciano de Sálua disse...

Não sei se eu prefiro fidelidade ou lealdade. Fidelidade é mais um contrato e lealdade é uma junção de corpos, algo dito nas entrelinhas, que não necessariamente trabalha a questão do ser fiel, mas sim da verdade. Eu fico com a lealdade, e você?

Alysson-Syn disse...

Bom, a minha vida toda eu ouvi o mantra "homem não presta". Não sei se foi trauma ou redenção, mas eu resolvi ser um "homem que presta"... nunca traí, não namorei o suficiente pra acreditar que fui traido e, se fui, tanto faz. Tento fazer a minha parte não sendo o estereótipo "sem-vergonha e cínico" que os homens tem desde que me entendo por gente.

Tenho uma visão muito peculiar de fidelidade e lealdade que muitos consideram liberal ou avançada demais pros nossos tempos e, sinceramente, não vai demorar pra sair lá no blog, pq senão o coment vira redação!

Abração Jay e Alê!

Clebinho disse...

CAraca, belo post....
será que há respostas para todas essas perguntas, na verdade o ser humano é muito egoísta e não pensa no estrago em que uma escapadela pode causar, por outro lado, quem ama perdoa realmente? Creio que o diálogo é o remédio para manter todo e qualquer tipo de relação.

Parabéns pelo post