quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Nada é Pra Sempre


Tudo tem um fim. Essa é uma verdade matemática. É uma grande ilusão acreditar na eternidade das coisas. O que mais faz mal as pessoas é acreditar no pra sempre, é daí que vem toda dor e sofrimento. Bom, será o que vocês estão pensando sobre isso agora? O Jay e o Alê? Chegaram a um fim? Não, não mesmo. Mas a gente já passou daquela faze de dizer um ao outro que é pra sempre. O nosso pra sempre é o agora, Oooops ele já se foi!
O agora é agora e nada além.
O que pode levar uma relação a um fim? São tantas coisas, desde aquelas causadas por nossas diferenças à causa natural, tipo desgate na relação, mudar de país e um ficar pra trás. Ou mesmo a morte. Como diz a canção, linda na voz da inesquecível Cassia Eller: “o pra sempre, sempre acaba”.


Outra bobagem é acreditar que um completa o outro. Nada disso. Outro dia li uma entrevista de uma psicóloga, a qual dizia que os casais para darem certo, têm que se completarem. Discordo e pronto! A gente nasce completo, isso é fato. Não acredito na complementaridade. Acredito que a gente se soma, juntos somos mais. Então, o que você acha disso? Casais ou héteros, ou parceiros homos se somam ou se completam? A gente foi criado um pra completar o outro?
Ao defender a idéia de que completamos um ao outro estamos, na minha opinião defendendo a idéia de que somos incompletos, como que se faltasse algo na nossa natureza. Well, isso é complicado! Eu sei que há pessoas que discordam, ainda bem né? Que fique bem claro, isso é apenas minha opinião, a sua pode ser diferente. Afinal ela é sua né?
Bom amigos hoje é isso, estou ensaiando por que no programa novidades do KÁ ENTRE NÓS, eu tenho que participar mais. Fui intimado por Jason Waider, o próprio hahuhuuauu.
Bju pra vocês,
Alê

24 comentários:

Caio Abreu disse...

"Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja,e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta, a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia é só mais agradável".
John Lennon

Bjs amigos
:)

Jay e Alê disse...

Nossa Caio,
Você disse tudo, nas palavras do J. Lennon >>estar em boa companhia é só mais agradável".
Bju pra vc tb.
Alê :D \o/

BinhoSampa disse...

tb compartilho com vc essa opinião...nada é para sempre...tudo tem um começo, um meio e um fim... só é triste quando chega o fim das coisas... mas fazer o que? a vida continua...

Evaporei!!!

Liciane disse...

Lindo texto! Gostei!!
também concordo que somos completos e nos somamos!
E o importante é o agora, viver intensamente!!!!

Grande abraço!!

Rafael Lopes disse...

Estar ao lado de quem se ama é o essencial


abraçoosss

Luciano de Sálua disse...

Sobre sua tese de não estarmos completo ainda mais: Se um dia, alguém se der conta que esta completo, este morre, e pronto. Acabou. Aí sim, mais um fim, rs, afinal: Tudo acaba. Pode ser através de um engano, de uma vivência ou da morte.

@philipsouza disse...

Ale...e Jaison...mudanças akii...ooooo...
gostei....
e sei o que vcs tao flaando...so um amigo proximo nehh...hohohoho....

abraçao pra vcs..

Philip o proprio....

Duh disse...

Estava vendo um blog de um amigo meu e vi um comentário seu, então resolvi dar uma bisbilhotada no seu blog, e confesso que valeu muito a pena.
Eu concordo com você que todas as coisas elas tendem a chegar a um final, esse é o ciclo da vida e é assim que as coisas funcionam...
Gaspar Noé um cineasta argentino tem uma frase que eu gosto muito "O tempo destrói tudo"...
Mas isso nem sempre é ruim, porque quando algo chega ao fim é porque chegou o momento de um novo começo...


Adorei o blog... vou acompanhar sempre agora!!!!

Abraço

O Iluminado disse...

Aiii lendo isso me lembro do Léo :(
Outra coisa..ouve a versão de "Por enquanto" com a Vanessa da Mata (se vcs quiserem passo pra vcs!)
Não tem como eu não me emocionar com isso...
bjus pra vcs!

Marcelo Novais disse...

Onde eu assino?
arrazou no texto!
levei um susto no começo
rsrsrs
fuiz!

FOXX disse...

mas eu não vou arriscar palpite nessa meeeeeeeeesmo

Desarranjo Sintético disse...

Hum...bah tb acho legal mudar o blog as vezes! Seja como for, quanto a layout já mudamos umas 3 vezes, pq eu não aguentava mais a cara dele, e tb o cewntésimo post é simbólico, é legal mudar algo, seja na escrita, seja na imagem. Afinal as mudanças fazem parte da vida.
Quanto a questão que o Alê levantou...é complexa...eu acreditava que as pessoas se completavam, depois, li uma apresentação do power point linda que dizai que não, que somos completos que nos somamos, e passei a concordar...Hj eu mesclo as opiniões. Acho que cada um precisa (mesmo que ng saiba tudo) ser completo, ser independente e buscar aptidões quenão tem para viver bem sozinho (independente), e não depender de ng para servir de muleta. Por outro lado, tem coisas, talentos que não temos e que provavelmente nosso para pode ter, pq não deixar nossas amizades ou amores nos ajudarem se eles têm muito mais facilidade nessas coisas? E em troca os ajudamos no que formos melhores. E isso é fisicamente. Espiritualmente as vezes sinto que preciso de alguém do meu lado para me sentir comlpeto e por outro lado que se tenho alguém comigo eu posso tudo, sou independente e inteiro e não preciso de ng. Eheheh.
Abraços aos 2! Bom find!

Fábio!

Ryan disse...

Você foi muito cruel falando que nascemos completos! Digamos que ao passo do amadurecimento nos completamos Sozinhos! O que torna um relacionamento singular, é ter o prazer de admirar certas qualidades que o outro tem... e que muitas vezes o próprio não possui! Daí surge a idéia de complemento, a idéia dos opostos se atraem [já digo - mentira]. De fato nada é pra sempre... Mas sentir essa pseudoverdade é surreal!

S.A.M disse...

Olha querido, eu também vivo o hoje viu?
Alias tenho boas noticias.... meu jardim floriu! :)

Beijo e fica com Deus!

^^

Paulo Braccini disse...

comentar o que depois deste primor de post do Mister Alê ... eim? eim?

"Não acredito na complementaridade. Acredito que a gente se soma, juntos somos mais".

Nada mais a acrescentar ... perfeito

bjux aos dois

;-)

Dr. Cohen disse...

Obrigado pelo comentário! Adoro os seus textos. Eu também não concordo nesse lance de complementaridade, de um relacionamento ser um encontro de metades.

Muito mais maduro serem dois inteiros... Dois inteiros aproveitando o agora intensamente. Porque daí se termina, esses inteiros seguem a vida. Não passam o tempo se lamentando por terem perdido a sua metade.

Beijos!

Lady Vanilla disse...

Caramba, eu tomei um susto no início. Mas depois fui lendo e vi que sim, tinha a maior verdade do mundo diante dos meus olhos. TUDO acaba um dia, nada foi feito pra ser eterno... SÓ QUE, mesmo adorando o texto de vocês, eu tenho uma opinião diferente. Não acredito que as pessoas se completem e sim, que se encaixem. Suas qualidades e defeitos se ajustam com as necessidades do parceiro e com o tempo, os dois encontram o "equilibrio", ainda instável.

Beijo beijo... ps: são vocês nessa foto? =D

Dil Santos disse...

Alê querido, como está?
Concordo ctg, nós já nascemos completos, o bom do amor é encontrar alguém que nos acrescente sempre algo a mais e q possamos fazer o mesmo.
O bom é isso. E realmente, nada dura para sempre, infelizmente chega num momento que o sempre acaba se desfazendo como papel molhado.
Mas vamos aproveitar o máximo o agora, viver intensamente.
E nós é q devemos escolher em qual o ritmo o tambor irá tocar, rsrs.
Bjim

Ah bjim no Jay tbm, rs
Ele tá bem?

:)

:: Fatima :: disse...

Pooooxa vida!Vc me deu um baita susto!
Por um instante pensei que o amor de vcs havia acabado!Mas que bom que foi apenas um susto,e o casal esta em e feliz!

Concordo plenamente com tudo que vc disse.
O post esta otimo!Adoreiiii gntee...
Obrigado pelo imenso carinho de vcs...

Tenham um lindo e iluminado fds!
Tdo de bom para os dois!Nem preciso dizer que eu os ADORO muitao!


BEEJOS *.*

Jay e Alê disse...

Eu acho que esse post do Alê fez muito sucesso por causa do Título que ele escolheu huahuahuhua. Só pode ser. A curiosidade bateu em alta pra ver se a gente estava chegando a um fim? My God baby, você arrazou! O texto ficou perfeito e muito coerente.Bom ensaio. Amei.
Bju de seu sempre Jay.

Dil Santos disse...

De nada Alê, rsrs
Tá na folga é? rsrs

Eric R. disse...

Texto muito bom,muito instigante, e reflexivo.
Parabéns.

PS: Desculpe eu roubei partes dos eu texto para um post sobre ele.

Obrigado.
Novamente parabéns.
Abraço e um excelente final de semana para você e o Jay.:D

Cibelle disse...

Gostei do espaço de vocês!!! Na minha opinião um casal se soma! Eu sou casada à quase 10 anos e sou totalmente diferente do meu marido. Ele tem acrescentado muitas coisas boas na minha vida, sua calma, sua sabedoria, sua paz... enfim cada um adiciona na relação o que tem de melhor e assim criamos um equilibrio! Acredito que seja para sempre enquanto dure... e quem sabe dure para sempre, rsrsrs... beijos!!

Caio LM disse...

Concordo, essa história aí de que uma pessoa completa a outra é papo de quem não tem capacidade de se garantir por conta própria.

____________________________
E realmente, nada na vida é para sempre. É como diz uma frase de camiseta do programa MTV na Rua: "Nem o Michael Jackson dura para sempre". AUHuahUSHushUAHSuhsuAUhauAaaAaAa

A vida é efêmera.